(IN)Decisões

Não tem sido fácil minha rotina dos últimos dias. Dias? Pra falar a verdade, tem quase um ano que não sei o que é viver. Abri mão de muitas coisas em nome de construir minha vida profissional. E, claro, esperava ter sucesso nisso. Deixei de ir pra festas, de sair com meus amigos, de me divertir, até mesmo de rezar. Larguei o curso de Engenharia Civil e um currículo bem legal por lá... Tudo isso pra me aventurar num curso que eu se quer conhecia direito.
Mas... "As oportunidades em Engenharia Elétrica são muitas!" e também "O cara que termina elétrica sempre tem emprego certo e ganha muito bem!" ou então "Não falta emprego pra engenheiro eletricista" e ainda "Os projetos de elétrica são muito bons!" além disso "O aluno de engenharia elétrica é bem visto, porque o curso da UFCG é um dos melhores e mais conceituados do país".
Mas o que é Engenharia Elétrica? Por que diabos eu fui me enfiar nesse curso? Onde eu tava com a cabeça quando larguei meu curso pra enfrentar uma coisa que eu nem conhecia? Por que eu fui (sou) tão burra a ponto de cometer esses erros? Como é que uma pessoa pode cometer tamanha burrice, sabendo que o tempo não para, como diz(ia) Cazuza?
A verdade é que eu vou pagar um preço alto por ser tão indecisa, por não saber o que quero, de fato, de minha vida...
Sabe aquela pergunta que te fazem quando você é criança: "O que você vai ser quando crescer?"? Pois é... Desde aquele tempo eu não sabia direito... Ora dizia convicta: "Psicóloga!" (sem saber direito "o que era" um psicólogo), ora dizia "Médica, claro!". Por algumas vezes, cheguei a mensionar a possibilidade de ser da aeronáutica, piloto de avião ou astronauta.
Nunca soube direito o que fazer... Sempre teve alguém pra me mostrar "o caminho". Filho caçula tem dessas coisas. Mas chega uma hora que você tem que decidir sozinho o que quer ser, o que fazer, que carreira seguir, QUEM VOCÊ É.
Não tenho dormido direito pensando nisso... Quem sou eu? Ou quem serei?
Sempre fui uma boa aluna na escola. Na faculdade não foi diferente quando comecei a fazer Engenharia Civil. Tinha uns tropecinhos, mas nada que me fizesse cair. E, sim, eu era feliz. Hoje em dia, não durmo, não como direito, não saio, não faço as coisas que eu queria fazer, não estou feliz e não me dou bem na faculdade de Engenharia Elétrica. Acho que seu desempenho é resultado de seu estado. Se você está bem, gosta do que faz e tem amigos ao seu lado, tudo fica mais fácil. Mas se está triste, não gosta do que faz, odeia a maioria das pessoas a sua volta (porque elas se acham a cocada preta mais deliciosa do mundo dizendo: "Eu sou o mais inteligente de todos!") e etecétera, aí complica...
Já venho pensando em certas coisas há um bom tempo, e hoje foi a gota d'água para que eu tomasse mais uma de minhas "incríveis" decisões. Não quero continuar nesse caminho. Isso não é vida pra mim. Não tenho talento pra isso. Só estou ficando cada vez mais magra, definhando, chorando, chorando, chorando... E isso não faz de mim uma pessoa feliz.
O pior de tudo, é que eu sempre temi que isso acontecesse... Mas cubri meus olhos pra não ver que isso realmente fosse possível. Mas agora tá aqui, bem na minha frente pintado de verde limão com umas bolinhas rosa-choque: VOCÊ FRACASSOU!

4 comentários:

  • Bruna de Sousa | sexta-feira, 31 julho, 2009

    Ah, eu não resisti e li!


    "A verdade é que eu vou pagar um preço alto por ser tão indecisa, por não saber o que quero, de fato, de minha vida..."

    Pois é. Deixe essa frase pra mim.
    Vou tentar arquitetura, e sair do curso de Civil (este, que você se dava tão bem) por falta de aptidão.

    Você só quis algo melhor. Não está errada.

    Mas sabe, de uma coisa?
    Volte pra Civil.
    Você era brilhante por lá. Um sucesso!
    Tenho certeza que serás bem recebida por lá.

    Sempre é tempo pra mudar. E o tempo que você passou em elétrica, não será perdido.
    É isso que digo pra mim mesma quando penso que "perdi" quase 3 anos da minha vida em Engenharia Civil.

    Enfim, a força que quero pra mim, desejo pra você.

    Vai "simbora", menina!

    Go, go, go!

  • Brunα de Sousα | sexta-feira, 31 julho, 2009

    Ah, adorei seu blog!
    Vou seguir!

    Beijos.

  • Brunα de Sousα | segunda-feira, 03 agosto, 2009

    Aaaaaaah, Simone!
    Foi essa tua postagem que influenciou a minha postagem de certa forma!
    Assim que li, vi que eu não tava sozinha nessa. Ai resolvi escrever também.

    E lá vamos nós! o/
    hheauheuhaeuhaeuehuehueahuaeh

    Beijoooo :*

  • Bruna de Sousa | segunda-feira, 03 agosto, 2009

    Aii que roupinha linda! *-*
    hauhaeuhaeuaehueahauehuaeh

    Tá, parei de comentar no mesmo post!
    Faça outro! :D